Prazos de espera para usar o Plano de Saúde

Qual é o prazo e espera para usar o plano de saúde?Você quer saber qual é o prazo de espera para usar o Plano de Saúde? 

Para que você fique bem informado sobre o prazo de espera para usar o plano de saúde nós vamos te explicar o que significa a Carência e abordaremos quais são as situações que possibilitam o uso do seu Plano de Saúde.

Além disso, falaremos sobre o tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde e também quais são os serviços disponibilizados para uso e seus respectivos prazos máximos de atendimento. Nós queremos te ajudar! Vamos lá?


O que é Carência?

Carência é o período disposto para que seja iniciado o uso do plano de saúde. Nós sempre sugerimos que antes de realizar qualquer contratação, você questione junto ao seu Corretor Inovador quais são os prazos de Carência – ou consulte o seu contrato, pois a Carência é o tempo necessário a ser aguardado para ter o atendimento efetuado para determinados procedimentos/situações do Plano de Saúde.

Segue abaixo a lista de situações e também qual o tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde:*

Situação Tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*
Para Casos de Urgência (qualquer acidente pessoal ou complicações no processo gestacional) e emergência (risco imediato à vida ou lesões irreparáveis); 24 horas
Partos a termo, excluídos os partos prematuros e decorrentes de complicações no processo gestacional; 300 dias
Doenças e lesões preexistentes (quando contratou o plano de saúde, a pessoa já sabia possuir)** 24 meses
Demais Situações 180 dias

Atenção: * Esses são limites de tempo máximos. Isso quer dizer que a operadora de planos de saúde pode exigir um tempo de carência menor que o previsto na legislação.

** Para as doenças e lesões preexistentes, o consumidor tem cobertura parcial temporária até cumprir dois anos de carência. Durante esse período, ele não tem direito à cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia – CTI e UTI – e cirurgias decorrentes dessas doenças. Entretanto, se o paciente decidir ser atendido nesses casos, mesmo sem ter aguardado ainda o tempo estabelecido, ele poderá escolher pagar um valor adicional para ter acesso a esses atendimentos – isso se chama agravo. – Fonte: ANS


Quais são os prazos máximos para atendimento?

Todo beneficiário terá direito ao atendimento após o Prazo de Carência ser cumprido. O benefício é dado conforme a segmentação do Plano de Saúde e o atendimento referente à este deve ocorrer dentro dos prazos máximos.

Abaixo segue a listagem de prazos máximos para atendimento de beneficiários pelos Planos de Saúde conforme o Plano contratado – seja hospitalar com ou sem obstetrícia, ambulatorial, odontológico ou referência. Fonte: ANS

Serviços Prazo máximo de atendimento
(em dias úteis)
Consulta básica – pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia;  07 (sete)
 Consulta nas demais especialidades  14 (catorze)
 Consulta/ sessão com fonoaudiólogo  10 (dez)
 Consulta/ sessão com nutricionista  10 (dez)
Consulta/ sessão com psicólogo  10 (dez)
Consulta/ sessão com terapeuta ocupacional  10 (dez)
Consulta/ sessão com fisioterapeuta  10 (dez)
Consulta e procedimentos realizados em consultório/ clínica com cirurgião-dentista;  07 (sete)
Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial;  03 (três)
Demais serviços de diagnóstico e terapia em regime ambulatorial; 10 (dez)
Procedimentos de alta complexidade (PAC) 21 (vinte e um)
Atendimento em regimento hospital-dia; 10 (dez)
Atendimento em regime de internação eletiva; 21 (vinte e um)
Urgência e emergência; Imediato
Consulta de retorno. A critério do profissional responsável pelo atendimento.


Você quer receber uma Cotação Gratuita de Planos de Saúde?

Preencha os campos abaixo e receba uma proposta completa de acordo com a sua necessidade!